Espaço Poético. Hiperligação à Página Inicial.

 
  POEMAS


As meninas

 

 

 

 

 

Arabela
abria a janela.

Carolina
erguia a cortina.

E Maria
olhava e sorria:
"Bom dia!"

Arabela
foi sempre a mais bela.

Carolina
a mais sábia menina.

E Maria
Apenas sorria:
"Bom dia!"

Pensaremos em cada menina
que vivia naquela janela;
uma que se chamava Arabela,
outra que se chamou Carolina.

Mas a nossa profunda saudade
é Maria, Maria, Maria,
que dizia com voz de amizade:
"Bom dia!"

Cecília Meireles, Ou isto ou aquilo, Nova Fronteira

Bullet.Actividades

Faz uma leitura expressiva do poema, obedecendo à proposta que te sugerimos ou a outra que considerem mais adequada.

estrofe - 1ª menina
2ª estrofe - 2ª menina
3ª estrofe - 3ª menina
4ª estrofe - 1ª menina
5ª estrofe - 2ª menina
6ª estrofe - 3ª menina
7ª e 8ª estrofes - as três meninas
último verso do poema - 3ª menina

Gravem a vossa leitura dialogada e enviem-nos o ficheiro por e-mail para  poesia_portuguesa@hotmail.com. Brevemente colocá-lo-emos online na secção Galeria, onde podes encontrar trabalhos realizados por colegas teus.

Retorna ao topo da página.

Hiperligação ao Mapa de Conteúdos do sítio.

Hiperligação a Jogos.
  Hiperligação a Créditos.